Skip to content

Uma ida à lavanderia

março 17, 2010

Desde o início de janeiro, estou numa “luta” com a lavanderia que encolheu 5 peças de roupa que mandei lavar. Foi um processo: fui lá, mostrei a roupa encolhida e distorcida, a moça não quis acreditar.. perdi a cabeça. No meio da cabeça perdida, concordamos em que ela mandaria minhas roupas para análise do tecido, que seria a “única forma de dizer se eu estava certa ou se eu estava tentando ganhar dinheiro às custas do trabalho deles”. Mal podia esperar pela minha vingança, o dia em que eu voltaria para lá vitoriosa exigindo todo o meu prejuízo muito bem indenizado.

Voltou da análise, 20 dias depois, com o veredito: a lavanderia lavou com água o que só pode lavar a seco. Erro deles. Aaaah, chegou meu dia. Minha vez de ir lá para acertar a indenização.

Eu tinha todas as palavras na cabeça: todas as frases, toda a minha indignação meticulosamente articulada para destruir verbalmente aquela gerente que, pelo telefone, já estava com a voz tremendo de medo pelo fato de que esse prejuízo provavelmente sairia do bolso dela. Mas… eu não estava nem aí! Encolheu minha roupa, me tratou mal, fez pouco caso, problema dela! Afinal, quem ela pensava que era para me tratar daquele jeito depois que encolheu as MINHAS roupas….

Entrei no carro com todos esses pensamentos, e lá fui eu pra lavanderia. Como não sobrevivo no carro sem música, liguei o som e deixei tocar o cd que estava rolando por todo o final de semana, do grupo EMME Singers. Começou a música, chamada Espelhos:

Faz-me espelho do Teu grande amor

Enche-me de graça, oh Senhor

Pra que todos possam ver Jesus em meu viver

Então crerão em Ti!

Faz-me espelho do Teu grande amor

No meu falar e onde quer que for

Espelho do amor que vem do meu SENHOR….

Te peço… Jesus.

Meus amigos e irmãos necessitam ver

Tua santa Vida em mim, no meu proceder

Mas, será que apesar de ser um filho Teu

Eu tenho refletido o amor que vem do Céu?

Exato. De 12 faixas no cd, tinha que tocar justo essa!!! Cada palavrinha, cada refrão… doía, literalmente. Estacionei meu carro, ouvi a música mais uma vez, me senti diminuindo de tamanho, de tanta vergonha a cada palavra. Orei pedindo perdão a Deus pelo meu orgulho, pela minha arrogância, pela minha ira. Orei a letra da música…Entrei na lavanderia.

Surpresa: minhas peças não voltaram ao normal, elas continuam encolhidas e imprestáveis. Não vão me ressarcir 100% do valor e nem vão conseguir me comprar as mesmas peças; se conseguissem, não teriam o mesmo “valor sentimental”. Das 5 peças, 2 eram da minha mãe… ou seja, talvez eu não consiga mais pegar roupas emprestadas com tanta facilidade!!! Apesar de tudo isso, a história tomou um rumo completamente diferente. Deus me ajudou a ver as coisas sob uma nova perspectiva, uma perspectiva que me libertou da ira, da vontade de pagar o mal com o mal, de não querer sofrer o dano. Deus me mostrou que as pessoas da lavanderia precisam dEle tanto quanto eu. Deus me mostrou que a minha ida até ali comunicaria alguma coisa… o que seria comunicado, era escolha minha! Enfim, Deus me mostrou que a vida cristã, “espelho do amor de Deus”, de desprendimento, humildade, amor e mansidão, são vividas na igreja, na EBD, em casa… e na lavanderia.

Obrigada, Senhor, porque eu sei que existem pessoas ao redor do mundo todo querendo chutar alguma lavanderia… obrigada porque o Senhor é fiel, e não me permite passar por tentações que não sejam humanas, que eu não tenha condições de suportar; e obrigada porque, junto com a lavanderia, o Senhor me mandou a música, para que eu me agarrasse a ela e fosse impedida de, através das minhas ações, sujar o Seu nome. (sim sim, vc já viu isso em algum lugar: 1 Coríntios 10:13… a viva e atual Palavra de Deus)

Que Deus nos ajude a “refletir o amor que vem do Céu”, em todas as circunstâncias da nossa vida, identificando os divinos escapes que Ele manda para que possamos escolher não desagradá-lO e sermos espelhos da graça que um dia recebemos em Cristo!

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. Anansa permalink
    março 17, 2010 1:17 pm

    Todos nós deveríamos passar pela lavanderia para purificar com uma lavagem a seco nossos pensamentos, atos, palavras, (…) todos os dias!

    Bjus.

  2. Juliana permalink
    março 17, 2010 2:28 pm

    Oi Naná,

    Começando pelo começo….conheci seu blog por indicacao do Sacha(do blog “a nivel D”) com o seu texto no dias das mulheres. Confesso que assim que comecei a ler, pensei: Xi…mais um “daqueles textos”… Como eu estava errada! Gostei muito do seu jeitão e digo que tambem me identifiquei com voce em varios outros aspectos…. posso garantir que desde entao virei fã de carteirinha dos seus textos… assim que os recebo, leio e encaminho pras minhas amigas.
    Enfim, obrigada por escrever assim de forma tão clara e sincera sobre voce, suavida e familia, e com isso, nos abencoar.
    Grande abraço
    Juliana

  3. Vania permalink
    março 17, 2010 3:23 pm

    Como é bom ler esses textos e ver que somos todas iguais… dias cheios, responsabilidades mil, correrria… A roupa pra levar na lavanderia é só mais uma das muitas coisas que “temos” que fazer no dia e através da qual “possivelmente” seremos lesadas… e teremos nosso coração tomado de orgulho, raiva, desejo de vingança…

    Mas, como é bom saber também que cremos num Deus que nos vê iguais…todas precisando do seu amor restaurador para dar “aquela quebrantada” nos nossos corações de pedra.

    Grande texto, grande lição… de um grande Deus.

    Sou sua fã, amiga.

    Saudades!!!

  4. Beatriz permalink
    março 18, 2010 4:05 pm

    Oi Naná,

    Então menina, acho que você vai se lembrar de mim…somos amigas de Orkut. Saí da Bahia bem na época que você estava chegando, já papeamos no msn, em fim..

    Gostei muito do seu texto!! Não tem nada mais difícil e ao mesmo tempo desafiador do que refletir o caráter de Deus no nosso dia a dia, deixar nosso orgulho de lado e simplesmente dar a outra face!
    Amei seu estilo e confesso que já virei fã do seu blog! Nas horas vagas estarei por aqui pra prestigiar e ser abençoada!

    Um beijo
    Bia

  5. Elaine e Jura permalink
    março 18, 2010 10:02 pm

    Naná….tem sido muito edificante e divertido acompanhar suas historias sempre que posso.
    Tomamos uma na cabeça depois desta….hehehe
    Um grande abraço pra você e o Luis…
    Elaine e Jura

  6. Bebel permalink
    maio 27, 2010 2:39 am

    Muito legal, baby.Legal o blog, e legal ver vc caminhando com Jesus em seu dia a dia. O Reino de Deus no coração da gente se manifesta nas pequenas coisas. Que Lhe sejamos fiéis! Beijos, com amor, Bebel

Trackbacks

  1. Uma nova ida à lavanderia « Blog Coisa Nossa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: