Skip to content

Salão de Peixecure

março 26, 2010

Se você é como eu, não consegue fazer a própria unha do pé. Na verdade, nem da mão. Quando eu tinha 18 anos, minha mãe me deu um estojinho com um kit de manicure e pedicure. Desde então, tento pelo menos duas vezes por ano, mas sempre dá tragédia e tomo bronca da manicure na semana seguinte. A lixa para mim é um mistério, não consigo imaginar um resultado simétrico decorrente do processo, nunca sai quadrada nem redonda e a manicure sempre pergunta se eu roí unha.  O problema maior é a cutícula: Eu deixo minhas unhas de molho na água quente e quando olho pras minhas mãos e pés, agora em formato uva passa, não sei exatamente o que eu devo arrancar com o alicatinho e sempre acabo desistindo.  Sou de fato ignorante por completo em relação à arte… e não me orgulho disso não! Mas preciso retratar a realidade. Para piorar a situação, sou uma das privilegiadas que tem a cutícula tão fininha que toda estreia de manicure nova nas minhas mãos e pés rende no mínimo uns 3 bifes, um constrangimento da parte delas e aquele salzinho que elas insistem em jogar por cima pra cicatrizar, que arde pra caramba. É o preço que eu pago pela falta de habilidade e conhecimento. Aceito orientações.

Há não muito tempo atrás, fiz as unhas com uma profissional no assunto de fato qualificada. Fiquei impressionada: não só saí de lá sem bifes, mas ela me mostrou uma coleção de esmaltes que havia sido lançada no “último congresso que ela tinha participado”. Ela me atualizou acerca  dos benefícios da hidratação com parafina, que só é eficaz se os pés forem envolvidos com papel filme por pelo menos 10 minutos, e também sobre o perigo de usar alicatinho mal esterilizado nos salões de beleza, pelo risco de contágio do vírus da Hepatite B… e não foi ela que disse não, foram “publicações recentes divulgadas no mesmo evento”. Bateu uma curiosidade indescritível de participar do Congresso Latino-americano das Unhas e ver que tipo de assunto rolava por lá. Quem sabe eu não aprendia alguma coisa… ou virava um estudo de caso.

Essa semana minha mãe me mostrou um e-mail que ela recebeu que com certeza vai ser tema do Congresso das Unhas esse ano. Se você sabe fazer sua unha, tem interesse no assunto, ou não tá fazendo nada, acho que vai gostar. Em Paris, um salão chamado Rufa Fish Spa dispõe de um serviço bem peculiar pra retirada da cutícula dos pés: peixinhos nativos da Turquia que se alimentam de pele morta. Além deste salão em Paris, que é o pioneiro, já existem outros nos EUA. Simplesmente não acreditei, até ver algumas fotos:

Resolvi “googar” o nome do Spa pra ver se era verdade… e sim sim, o site existe, olha lá!

Parece que é tendência mesmo, achei videozinhos dos devoradores de cutícula até no youtube. O preço médio por 15 minutos é U$35,00. Achei barato, se eu fosse um peixinho lá no tanque do spa exigiria pelo menos o dobro pra ficar mordendo o pé de alguém….

…”mas nem elefante, nem urso, nem peixinho eu sou”! Fantástico. Acho que encontrei justificativa para a minha falta de aptidão pra tirar cutícula, lembrando da velha musiquinha. Adorei a técnica, mas não sei se um dia conseguirei colocar meu pé nesse tanque de peixinhos famintos. Por outro lado, se um peixinho dá conta do recado, acho que eu posso tentar mais uma vez, vou desenterrar meu kit. E se der errado de novo, tudo bem, eu volto à manicure… afinal, como termina a mesma musiquinha,  “Se Deus me fez assim, assim vou louvar”.

Um excelente final de semana a todas!

Naná

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. Bibi permalink
    março 26, 2010 1:04 pm

    ADOREI!!!!

  2. Patty permalink
    março 26, 2010 2:16 pm

    kkkkkkkk…muito boa essa!!!!!
    Mas tenho que confessar morro de medo de peixe….e já que não tenho o dom pra coisa, como você…prefiro a boa e velha manicure!!!!!
    Adorei o lance dos congressos….máximo!!!!
    Beijos

  3. Camila permalink
    março 26, 2010 2:30 pm

    Confesso que negação eu não sou, mas fiquei arrepiada com essa nova tecnica me deu medo e nojo sei la! Prefiro fazer eu msma, msmo as vezes sem tanta habilidade ou mostrando as unhas para as amigas q elogiam bem de longe para que nao vejam as zilhoes de falhas!! MORRI de rir com o artigo pois vi a Patty….hahahahahha

  4. Vania permalink
    março 26, 2010 3:02 pm

    Excelete artigo dos peixinhos!!! E logo no final de semana…ta chegando a hora de fazer as minhas unhas… Acho que vou ficar com a minha peixa mesmo!!!

  5. Luiz - marido permalink
    março 26, 2010 8:59 pm

    Essas fotos são assustadoras!!! Coitados dos peixes…. Com essas unhas vermelhas por perto.. Hehe.. Beijos

  6. Daiane permalink
    março 26, 2010 11:23 pm

    Naná, q legal e interessante!
    Como sempre, vc com uma criatividade atrás da outra nesse blog. Estou amando…rsrs.
    Eu não sou péssima em fazer as unhas, mas ao mesmo tempo não consigo fazer a do pé. Prefiro a minha boa e velha manicure a colocar meus pés nesses ‘aquários’ com peixes famintos, mojentinho, sei lá.
    Será que essa água é trocada a cada cliente? Coitado dos peixinhos….vão ficar obesos como essas clientes na foto….rsrs. Beijinhos…

  7. Anansa permalink
    março 28, 2010 12:20 am

    Se quise eu te levo no salão da minha mãe! rsrsrsrs! Garanto que lá é tudo esterelizado , tem parafina e esmaltes da moda rsrsrs.

    Adorei!!!

    Bjus!

  8. Aninha permalink
    março 30, 2010 2:33 pm

    Nem te conto… o mesmo acontece comigo. Toda vez que vou a um salão novo, meus dedinhos sofrem por conta dos bifes. Minha cutícula também é fininha. Agora, imagine só: sendo eu novata em Salvador, pense na dificuldade em encontrar um salão. Acho que você também passou por isso. Desde que cheguei, não tive coragem de fazer as unhas nos salões, mesmo porque aqui em Salvador passei a ter alergia a produtos de limpeza e meus dedos vivem descamados. Resolvi ir a um salão aqui pertinho de casa e adivinha: um bife no dedo do pé e outro na mão. Fiquei bastante preocupada. Para o próximo, levarei meu alicate até porque também tenho o meu material de manicure e pedicure, porém nenhuma habilidade para fazer as unhas. Já os peixinhos, não verão meus dedos nem tão cedo… que estranho… deve fazer cócegas.

  9. kel permalink
    abril 1, 2010 7:28 am

    Oi!!! Parada aqui é obrigatória!!! Manicures como esta que vc encontrou são raras. Antenadas, procurando tendências, novidades e assuntos, que não se restringe a fofoca de salão. Se puder me mande o endereço do salão!!!

  10. Ana permalink
    abril 6, 2010 12:27 am

    Como disse a Bibi…ADOREIIIII!!!!!!!=)))

  11. Claudia! permalink
    setembro 21, 2011 2:56 am

    Gente, como suportar as cócegas??

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: