Skip to content

Uma surpresa…

maio 23, 2010

Como eu disse há alguns dias atrás, maio é o mês do meu aniversário. Pela experiência acumulada, hehe,  já passei por aniversários suficientes na vida para constatar que eu de fato adoro festas de aniversário. Tudo sobre elas: organizar, fazer, ir, planejar, receber… como estou no tema aniversários, vou contar para vocês dois que foram inesquecíveis. Todos sempre foram na verdade… mas alguns se destacaram.

O primeiro foi há 13 anos atrás. Meus quinze anos. Toda menina sonha com os quinze anos, umas sonhando com viagens, outras com festas glamourosas, e eu, bem… eu queria uma festa, mas sem aquelas coisas todas de valsa, 15 meninos daqui, 15 meninas dali. Queria reunir meus amigos, queria comer brigadeiro e coxinha, e queria que fosse especial.

Meus pais tem uma qualidade incrível de fazer com que tudo seja sempre muito especial. Então, no ano de 1997, as comemorações tiveram início precoce. Faltando exatos quinze dias para o meu aniversário, minha mãe começou a me dar presentes. Um por dia, durante quinze dias. Um por ano… teve de tudo! Alguns dias era um presentão, outros um presentinho, quase todos os dias acompanhados de um cartão. Ganhei pulseirinhas da moda (você aí, da mesma idade que eu, sabe quais são… aquelas molinhas prateadas… que as meninas usavam 40 ao mesmo tempo… quanto mais pulseirinhas, mais moderninha você era…), esfoliante para o corpo, esfoliante para o rosto… dias antes da festa, ganhei a roupa para usar na festa…. e no dia do aniversário, ganhei minha primeira joia de “gente quase grande”, um pingente que era uma chave de ouro e brilhantinhos, coisa mais linda. Foi o máximo… vibrava todos os dias, e a cada presente eu via indo embora aquela coisa de menininha e ia me sentindo assim cada vez mais… “adulta”. hehehe

O dia da festa também foi muito especial. Foi uma tensão só, pois resolvemos fazer ao ar livre no nosso quintal em Atibaia e o tempo amanheceu com aquela super cara de chuva… lembro que oramos o dia toooooodo… e Deus segurou a chuva pra cair só na madrugada. A festa foi ótima, do jeitinho que eu queria, amigos da igreja, amigos da escola, primos, tios, irmãos… as flores que eu queria, os doces que eu queria, a coxinha que eu queria (mesmo a minha mãe doidinha com a minha insistência na coxinha), tudo perfeito! Mas ainda não acabaria por ali, não não!!

Depois que todo mundo foi embora, passado um bom tempo eu fui dormir. Como eu ainda estava naquela coisa de “festa”, demorei para pegar no sono… e de repente, ouvi passos no quintal. Era nítido, pessoas estavam no quintal e eu tinha um verdadeiro horror a passos no quintal, pois nossa casa havia sido assaltada alguns anos antes. Saí desesperada do quarto e fui avisar meus pais, que na hora me falaram que não era nada, não era nada… mas eu não queria voltar pro quarto. Aí, do nada, comecei a ouvir uma música…. conhecida… a minha favorita na época, inclusive.. e soava muuuuuito parecida com a versão original… voltei para o meu quarto, e entendi. O extinto e saudosíssimo quarteto PV4, do Palavra da Vida, estava na minha janela, fazendo serenata, cantando a música que eu mais gostava… se você conhece eles, imagina os caras cantando “Sê feliz”, ao vivo, na sua janela!!!!!

Aí, surpreendi pela minha reação: sentei na cama e desandei a chorar. Um dos meus irmãos, na época com 18 anos, que não tinha me visto chorar de alegria antes, ficou assustado, me abraçou e disse, Naná, é legal, é legal!! Hehe… ele não entendia que eu tinha feito 15 anos poxa, já tinha idade suficiente para chorar de alegria!!! Era minha iniciação na arte da manteiga derretida, a qual venho aprimorando desde então, sempre que assisto um desenho animado fofo (“Up – altas aventuras” é um ótimo exemplo) ou um filme emocionante (qualquer um que tenha “amor” no título). Mas não sou das piores não! Conheço gente que chora na propaganda da Sadia. Isso sim é grave, chorar emocionada porque uma menininha comeu nuggets!!

Bom, sei que tudo isso para mim foi o máximo. O máximo.  Uma surpresa deliciosa, que começou 15 dias antes dos meus 15 anos e terminou com chave de ouro, literalmente, e com direito a serenata e tudo!

Vou guardar para sempre na memória. E acredito que Deus criou as comemorações e as festas para isso mesmo… para guardarmos em nossa mente lembranças especiais, de momentos especiais que pessoas especiais nos proporcionaram… ou que proporcionamos a elas. Também é uma forma de lembrarmos o cuidado contínuo e constante de Deus por nós, e isso vemos em festas como a Páscoa, o Natal; e por que não nos aniversários? Quando eu penso na minha festa de 15 anos e me lembro desses detalhes todos, por trás deles vem sempre as palavras amor, cuidado e proteção…. de Deus por mim, da minha família por mim. Sou grata a Deus por isso… sou grata a Deus pelas festas! E por isso, adoro festas.

Tive outra festa de aniversário muito especial também, que vou guardar para sempre e sempre na memória: a dos meus 28 anos. Foi ontem!!! Mas vou contar só amanhã. Queria ter postado essa dos meus quinze anos na sexta, quando eu não fazia a menor ideia do que este final de semana me reservava… mas problemas tecnológicos me impediram de ter acesso ao computador. Por isso estou tomando a liberdade poética de postar esta mensagem no domingo, e amanhã eu volto pra contar o meu final de semana de aniversário para vocês… não perca, porque acho mesmo que você vai se divertir às minhas custas… assim como todos os envolvidos!

Um beijo e até amanhã,

Naná… 

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. Silvia Go permalink
    maio 23, 2010 10:16 pm

    Olá Naná.
    Como vai?
    É muito bom fazer niver, não !!!.
    E recordar bons momentos é simplesmente memoravél,principalmente quando se faz 15 anos, mesmo que ha um tempo….. .
    E mais ainda é agradecer a Deus aqueles momentos que jamais vc esquecerá.
    Parabéns pelo seu dia, e que Jesus em sua infinita bondade abençoe ricamente a sua vida.
    Uma semana de Paz.
    Bjs,
    Silvia

  2. Thays Talizin Fürst permalink
    maio 23, 2010 11:08 pm

    Naná! É uma delicia ler seu blog! Aproveito pra deixar meus parabens pra voce! Corri no meu calendário de aniversarios e vi o seu dia marcado… Mas ontem nao passei pelo computador para te desejar um Feliz Aniversario!
    Bjs pra vc!
    Thays

  3. Tia Marcia permalink
    maio 24, 2010 1:25 am

    Parabens sobrinha…Eu sabia da sua surpresa!
    Fiquei torcendo pra que tudo desse certo…como de fato ví que deu….
    Hoje orei por voçês,para seus pais,dos dois viu….
    Que o NOSSO DEUS continue sempre te abençoando com surpresas…digo
    festas como estas de ontem,de hoje…seu dia.Te amo muito…Um beijão.

    Em 28 anos pode se esperar,mais 60 [sessenta] festas surpresas,levando
    em conta a vovó….Deus te abençoe e te quarde por mais 60 anos….

  4. jizonita ( Ju) permalink
    maio 24, 2010 1:30 am

    Foi maravilhoso fazer parte desse dia tão especial, foi você que fez aniversário, mas nós é que ganhamos o presente!
    Você é muito especial e querida para todos nós.

    Ju

  5. andrea permalink
    maio 24, 2010 12:06 pm

    Naná

    Parabéns!!!pelo niver e pelo talento na escrita…imagino que todos ao lerem sobre os seu 15 anos conseguirão imaginar todos os detalhes da festa e tem mais, elas acharão que estavam presentes no dia… srssrsrsrsrsr.
    Deus a abençoe.

    bjs

  6. maio 24, 2010 8:15 pm

    Naná, amei relembrar o seu aniversário de 15 anos, eu estava lá….rs.
    Mas não estou me aguentando de curiosidade para saber como foi o de 28!!…rs
    Beijão

  7. Thays Talizin Fürst permalink
    maio 25, 2010 2:16 am

    Naná!

    Ontem deixei um comentário aqui, mas nao envioou…!! Tive problemas com a conexao, só agora percebi!
    Mas te desejo um FELIZ ANIVERSÁRIO!!! Seu dia está marcado no calendário aqui de casa!
    Que as bencaos do Senhor sejam derramadas a cada dia na sua vida! Continue sendo exemplo de filha, esposa, amiga, profissional naquilo que o Senhor quer de nós: viver de modo digno do Senhor!
    Um grande abraco!
    Thays

  8. Pati Fujino permalink
    maio 26, 2010 4:26 pm

    Naná!! continuo “limitada” tecnologicamente…. rs. Fazia tempo que não acessava seu blog, mas esta é a primeira vez escrevendo… então quero dizer que a-mei seu blog!! Deus continue usando essa sua maneira de colocar tão bem em palavras tudo…. rs admiro viu, pois sou péssima!! Bom …. Desejando um super Parabéns pra vc, que Deus ainda lhe dê muitos e muitos anos de vida e muitas e muitas festas!!!!

    Bjos
    Fujino

  9. novembro 12, 2010 5:41 pm

    adorei sua história ,estava procurando algo original para fazer surpresa de 15 anos da minha filha,me enchi de emoção ao ler a sua,pensei em algo do tipo em vez de parabens convenciional tocar green day que ela adora,parabens e obrigada,outro dia conto como foi no meu blog,bjos.;

  10. Rosangela permalink
    fevereiro 25, 2012 9:59 am

    Ola naná, achei lindo a surpresa que sua mãe fez! Minha filha faz 15 anos esse ano, e já estou pensando em algumas surpresas.. Nunca fiz festa surpresa pra ela, e este ano pretendo fazer. Tbem sou evangélica, e achei sua forma de falar de Deus, muito linda!!
    Deus abençõe sua vida cada dia mais
    Abc

  11. anielle permalink
    julho 2, 2016 9:24 pm

    ah que legal ver sua postagem, minha filha vai fazer 15 anos e infelizmente não daremos conta de fazer “a festa” mas não posso deixar em branco e estava procurando algo pra deixa-lá contente e já estava imaginando sobre os 15 dias antecedentes mas não saberia ao certo como fazer. Somos evangélicos também e se Deus quiser vamos conseguir agrada-la… bjs fica com Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: