Skip to content

Família, instituição divina

agosto 16, 2010

Olá!

Como disse na semana passada, estamos na Campanha dos 40 dias de jejum e oração pela família. Todos os dias, o livro da campanha traz alguma meditação sobre a família, e depois pedidos específicos acerca dos quais orar em relação às famílias.

A expressão “Família, instituição divina”, foi o tema de meditação e oração da primeira semana, e eu gostaria de compartilhar um pouco do que vimos. Foi muito bom!

“Então o Senhor Deus declarou: Não é bom que o homem esteja só; farei para ele alguém que o auxilie e o corresponda” (Gênesis 2:18)

O homem não foi feito para viver sozinho. Deus criou o homem para viver em sociedade, e a primeira sociedade (“zinha”) que Deus criou foi a família. O homem – a humanidade – deve viver em família, e é no casamento que está a base fundamental dessa vida social, da vida em família. Deus estabeleceu o casamento como marco inicial de uma nova família. 

“Por essa razão, o homem deixará pai e mãe, e se unirá à sua mulher, e eles se tornarão uma só carne”. ( Gênesis 2:24)

Três coisas distintas são tratadas aqui:

  • Deixar pai e mãe: mais do que sair de casa, deixar pai e mãe significa tornar-se independente, assumir a responsabilidade e disciplina de sua própria casa. É importante lembrar que Deus disse para “deixar” pai e mãe, não para “abandonar” pai e mãe. Ele não disse “parar de ouvir” pai e mãe. Deixar pai e mãe significa formar uma nova família, separar-se da dependência deles e constituir um novo lar. Este versículo jamais entrará em contradição com o mandamento de Deus, “Honra teu pai e a tua mãe”. Honra é para sempre. Respeito, consideração, contato, pedir conselhos, ouvir conselhos… é honra. Dependência, seja ela emocional, social, financeira ou a que for, é temporária. Biblicamente marcada para se encerrar no casamento. Quantos lares não teriam sido destruídos se esse princípio fosse corretamente aplicado!
  • Unir-se: Depois que eu me comprometo no casamento com alguém, eu me unirei a ele. Aqui está o lugar biblicamente ordenado, divinamente planejado, para o relacionamento sexual. Dentro do casamento.
  • Tornar-se uma só carne: o casamento é indissolúvel. Uma só carne, um só corpo. Para retirar algo do seu corpo, você só faz isso mediante uma cirurgia dolorosa e que muitas vezes deixa sequelas no seu corpo. Esta é a ilustração. O que está unido, não se pode separar. Se o fizer, muita dor e sequela se seguirá a isso.

A família foi feita para que o homem pudesse se relacionar. Se somos criados à imagem e semelhança de Deus, devemos então seguir o modelo de relacionamento divino, expresso de forma perfeita a nós através da Trindade. Na Trindade, temos um exemplo de relacionamento harmônico, interdependente e indissolúvel.

Harmônico, porque Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo executam suas funções com harmonia e entendimento. Interdependente, porque cada um tem atividades e funções diferentes, mas operam dentro de uma interdependência. Indissolúvel, porque a Trindade nunca poderá ser dissolvida.

Semelhantemente, devemos orar e perseguir um relacionamento assim em nossas famílias. Harmônico, no qual cada um procura entender e ceder aos interesses do outro, indo totalmente contra a maré dos relacionamentos egoístas hoje tão pregados em nossa sociedade. Interdependente, porque embora cada um tenha papéis e funções diferentes dentro da família, um precisa do outro, um depende do outro. E indissolúvel, porque pensando especificamente na união do casamento, o casamento não pode ser dissolvido.

Que Deus nos ajude a pensar corretamente sobre família, sobre casamento, e colocar diante dEle as nossas famílias, os nossos casamentos (ou os nossos futuros casamentos e a vontade de construir uma nova família), para que sejamos espelho do relacionamento divino e do propósito para o qual ele criou a família!

 

Reflexão baseada no livro 40 dias de jejum e oração em favor da família, do Pr. Edison Queiroz. Para saber mais: www.jejum40dias.com.br

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Tia Márcia permalink
    agosto 16, 2010 3:24 pm

    Me orgulho muito de você Naná
    Suas mensagens são ótimas.
    Você tem o dom de evangelizar
    através do blog.Obrigado por
    fazer parte da minha Familia.
    Beijos da Tia Marcia….

    • agosto 16, 2010 3:27 pm

      Obrigada, tia!
      Seu incentivo constante me encoraja a continuar!!
      Um beijão

Trackbacks

  1. Tweets that mention Família, instituição divina « Blog Coisa Nossa -- Topsy.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: