Skip to content

Relacionamento conjugal

agosto 31, 2010

Olá!

Este post está atrasado, era pra eu ter feito ontem, mas não passei exatamente muito bem…. justo no dia 30 de agosto, meu aniversário de casamento! Luiz e eu completamos ontem 2 anos de casados. Bodas de Algodão! Coitadinho, queria comemorar em grande estilo e eu tinha prometido um jantarzinho especial, e ele acabou ficando com batatinhas cozidas para me acompanhar… mas, faz parte. Hoje já estou melhor e vou me empenhar para fazer algo bem gostoso no jantar.

Por coincidência, na campanha dos 40 dias de jejum e oração pela família, na terceira semana o tema foi o Relacionamento Conjugal. Vimos a importância que a oração exerce na vida do casal para mantê-los sempre unidos e principalmente unidos a Deus, que é a fonte através da qual podemos verdadeiramente desfrutar das bênçãos que o casamento traz,  e também crescer e amadurecer a cada dia com ele.

Aliás, é só através de muita oração também que podemos exercer os papeis que nos são biblicamente destinados: o marido de liderar e a esposa de auxiliar e acompanhar. Puxa, como é errônea a concepção que o mundo tem em relação a esses dois conceitos! Logo se pensa em uma sociedade machista, e tal engano tem invadido as igrejas e feito muita gente pensar que esses conceitos são ultrapassados.

“Sem de forma alguma deixar-se intimidar por aqueles que se opõem a vocês. Para eles isso é sinal de destruição, mas para vocês, de salvação, e isso da parte de Deus.” (Filipenses 1:28)

 … Mas  Paulo adverte, não se deixe intimidar pela cultura que se opõe a vocês! Como em qualquer organização que tenha mais de um membro, é preciso delimitar as funções de cada um. E Deus fez isso para nós.

Quando Deus diz ao homem que ele vai liderar e a mulher auxiliar, ele não está falando de direitos. Assim como em uma organização qualquer de novo, quando temos um bom líder, este não se considera como “melhor do que os demais”, mas sim aquele que tem a responsabilidade de motivar, cuidar, conduzir e “tocar a organização pra frente”. 

Ou seja, homens e mulheres tem direitos iguais! A posição de líder e cabeça do lar não torna o homem o rei da cocada e a mulher o capacho. Tal concepção é totalmente anti-bíblica.  Direitos iguais! Mas deveres diferentes.

À mulher, coube a função de ser a auxiliadora de seu marido, tratando-o com respeito (afinal, a figura do líder é para ser respeitada) e com submissão. Quanto a esta última palavrinha, submissão, o Pr. Edison Queiroz fez uma interessantíssima observação no livreto:

“Nesta questão (submissão) entra o princípio de cumprir uma missão. Se fizermos a divisão silábica da palavra submissão, teremos sub-missão. Os cônjuges juntos têm uma missão a cumprir, na formação de sua família, o exemplo e ajuda a outras famílias, e no seu papel dentro da formação de uma sociedade correta.”

Ou seja: submissão = trabalhar junto, cooperar. Lado a lado!

No entanto, sabemos que ter este tipo de pensamento acerca do relacionamento conjugal é totalmente contrário à nossa cultura. Viver um casamento espelhado nos padrões de Deus é remar contra a maré. Precisamos ter consciência disso para que possamos a cada dia mais depender dEle em oração, entregando nossos casamentos (bem como o desejo de casar e constituir uma família!) nas mãos dEle, pedindo que o Espírito Santo nos fortaleça e nos ajude a aplicar a Palavra de Deus em nossas vidas e relacionamentos!

Portanto, como diz uma das devocionais do livrinho, em seu casamento, dependa sempre do poder de Deus, e não confie na sua própria força… o que me faz lembrar do querido e tão atual provérbio bíblico:

“Confie no Senhor de todo o seu coração e não se apoie em seu próprio entendimento; reconheça o SENHOR em todos os seus caminhos, e Ele endireitará as suas veredas.” (Provérbios 3:5-6 – grifo meu)

A minha oração para hoje é de imensa, IMENSA gratidão a Deus pelo presente que Ele me deu colocando o Luiz na minha vida. Ter a possibilidade de construir com ele uma família que pode fazer a diferença e viver para honra e glória ao nome dEle é algo especial demais, e também uma responsabilidade muito grande que eu sei que não dou conta sozinha. Por isso, na mesma oração entrego meu casamento novamente nas mãos de Deus, pedindo a Ele que nos ajude dia após dia, a construirmos um relacionamento como gostamos de orar desde o namoro: que cresça em amizade, em comunhão e em romance…. e que Ele nos ajude na difícil tarefa de espelharmos o relacionamento de amor incondicional entre Cristo e a igreja!

E hoje, oro a mesma coisa por cada uma de vocês que ler este post. Que Deus as abençoe ricamente e desperte em seus corações a cada dia o desejo de viver buscando abençoar seus maridos e seus casamentos!

Às solteiras que desejam se casar, a frase que marcou minha fase solteira: vale a pena esperar por quem vale a pena. Hoje eu leio isso e digo com um sorriso de orelha a orelha: VALE MESMO!

Beijos a todas

Naná…

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Viviane Macêdo permalink
    setembro 1, 2010 3:38 pm

    Olá Naná,
    Conheci seu blog a uns dois meses atrás, através de uma amiga que congrega na IBAM, e de lá pra cá, sempre faço uma consulta semanal nele.
    Deus tem falado bastante comigo através desses posts, e o que desejo é que nuca falte o óleo sobre sua cabeça para que você seja usada cada vez mais como uma farol que brilha a noite, assim diz a canção.
    Deus abençoe.

    • setembro 1, 2010 4:24 pm

      Oi Viviane!
      Que bom saber que o blog tem sido ferramenta útil para você!
      Obrigada pelo incentivo e encorajamento! Que Deus abençoe cada vez mais a sua vida também 🙂
      Bjos

  2. Patty permalink
    setembro 2, 2010 3:59 am

    Oi Naná!!!
    Passando pra desejar PARABÉNS e que Deus continue a abençoar o seu casamento!!!
    bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: