Skip to content

Erguendo pilares para uma vida reta

janeiro 22, 2013

Olá pessoal!

 

Domingo agora fomos à igreja e participamos de um culto muito bom em uma igreja que fomos pela primeira vez, a Igreja Batista Nações Unidas (IBNU). Ouvimos um sermão muito edificante e encorajador para o ano que se inicia, e gostaria de compartilhar alguns pontos principais que ficaram bem marcados para mim.

Falando sobre como construir uma vida reta, que traga glória e honra ao nome de Cristo e que não seja motivo de tropeço para o próximo, o pastor se baseou no capítulo 12 de Hebreus para nos encorajar a erguer nossa vida sobre três “colunas” principais, que seriam capazes de sustentar uma vida reta e que atravessaria obstáculos e dificuldades:

  • Buscar a santidade

“Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o SENHOR.” (Hebreus 12:14)

O texto nos exorta para que nos esforcemos para ser santos. Gostei do foco que ele deu na palavra ESFORCEM-SE, pois a santidade é trabalho duro! Sem dúvida, é Deus quem nos ajuda e capacita, mas requer trabalho e esforço de nossa parte também… trabalho de buscar o que é reto, de separar-se continuamente do mal, de fazer escolhas quase que o tempo todo que nos façam diferentes do mundo e das coisas do mundo. Buscar a santidade é separar-se do impuro para não nos sujarmos do pecado, e isso envolve decisões nossas, decisões que certamente serão fortalecidas e sustentadas pelo poder de Deus se escolhermos ficar firmes!

E algo que também chamou muito a atenção nesse ponto foi que a vida de santidade é uma vida que busca ser limpa, mas nesse mundo sabemos que inevitavelmente seremos contaminados pela sujeira do pecado. Quando isso acontecer, LAVE-SE! Peça perdão, arrependa-se, e mude de rumo. Deus é fiel e em 1 João 1:9 nos promete o perdão e a purificação (limpeza!!) se confessarmos os nossos pecados. O pastor citou uma frase que eu já tinha ouvido, mas que nesse contexto achei brilhante: “O mais limpo não é quem menos se suja, e sim quem mais se lava!” Em nossa batalha em busca da santidade, certamente teremos que nos lavar diversas e diversas vezes, mas é justamente isso que nos torna limpos.

Busque a santidade, busque o que é correto, e busque o perdão quando errar.

  • Valorizar a graça

“Cuide para que ninguém se exclua da graça de Deus; que nenhuma raiz de amargura brote e cause perturbação, contaminando muitos.” (Hebreus 12: 15)

” Não se deixem levar pelos diversos ensinos estranhos. É bom que o nosso coração seja fortalecido pela graça, e não por alimentos cerimoniais, os quais não tem valor para aqueles que os comem” (Hebreus 13:9)

Nesse ponto, o pastor trouxe novamente a definição de graça, que acredito ser conhecida de muitos, mas que sempre vale a pena recordar: graça é tudo aquilo que eu ganhei e não merecia. A salvação é graça, o perdão de nossos pecados é graça, a vida eterna é graça…

E ele me deu dois puxões de orelha nessa parte. Em primeiro lugar, disse que quando eu sou tolerante ao pecado, em minha vida ou ao meu redor, não estou valorizando a graça, pois não estou me beneficiando dela e do poder que há na graça de Cristo de me perdoar e me livrar do mal. E em segundo lugar, quando o texto bíblico diz para sermos “fortalecidos pela graça”, ele disse que a graça divina me fortalece quando eu escolho não me comparar com outras pessoas em relação ao que faço de bom ou de ruim, mas sim com Cristo! Comparar-me com Cristo em relação à minha vida e caráter é algo que confesso que é difícil de fazer. É bem mais fácil olhar para os outros, estabelecer padrões terrenos e pensar, “bom, pelo menos eu não estou como fulano de tal, que fez isso isso isso”, ou “puxa, espero chegar no nível de fulano, que isso isso…”. Mas isso não é ser fortalecido na esperança que a graça de Cristo me dá… esperança de me ver um dia livre do pecado e, enquanto isso não chega, batalhar pra isso! Quando eu olho para Cristo como modelo, e não para pessoas, posso ser não só humilhada por perceber o quão longe estou do verdadeiro padrão que foi estabelecido, como também encorajada a busca-lo a cada dia!

Gostei muito, pois minha tendência sempre é me comparar com pessoas e não com Cristo. Para mim, foi o ponto alto da mensagem e me deixou pensando bastante.

  • Agradecer e louvar

“Portanto, já que estamos recebendo um reino inabalável, sejamos agradecidos e, assim, adoremos a Deus de modo aceitável, com reverência e temor, pois o nosso Deus é fogo consumidor!” (Hebreus 12:28-29)

“Não se esqueçam de fazer o bem e de repartir com os outros o que vocês tem, pois de tais sacrifícios Deus se agrada.” (Hebreus 13: 16)

Para terminar, gratidão e louvor devem ser parte central da vida de alguém que entendeu que recebeu um reino inabalável, totalmente imerecido. Sejamos agradecidos! No sábado passado, comecei um desafio chamado “30 dias de uma vida de gratidão”, e estou recebendo diariamente devocionais sobre o tema e desafios para viver uma vida que entende de fato o quanto Deus nos abençoa, nas grandes e pequenas coisas. Viver com gratidão é fácil quando recebemos prêmios ou bênçãos grandes e vistosas, mas reconhecer a presença e a bondade de Deus no dia a dia pode tornar-se difícil quando a rotina pesa, quando as dificuldades chegam, e principalmente, quando olhamos para o mundo terreno com mais brilho nos olhos do que para os céus. Mas gratidão e louvor, segundo essa passagem, devem principalmente se basear no que já recebemos em Cristo, e no que desfrutaremos com Ele! Com esse foco, com certeza teríamos motivos de sobra para transbordar em louvor e ações de graças, todos os dias! Que tal?

Como parte da devocional do desafio de hoje, li uma frase que me chamou muito a atenção: ” Se as provisões do amanhã dependessem do quanto eu sou grato no dia de hoje, eu viveria em fartura ou na miséria no futuro?”

E, para terminar, o pastor também enfatizou que uma vida de louvor é marcada por uma vida que faz o bem e que divide o que tem (Hebreus 13:15-16).

Enfim, fui muito edificada. Três colunas, três grandes desafios, os quais só conseguiremos atingir com o poder de Deus operando em nós! Que Ele nos ajude e nos faça santos, apreciadores da graça, e continuamente gratos por tão grande salvação!

Beijos,

Naná

 

 

 

Anúncios
3 Comentários leave one →
  1. Patty Stella permalink
    janeiro 22, 2013 9:22 pm

    Nem saberia te descrever agora a emoo de ter lido esse texto. Obrigada bj Patty

  2. Débora permalink
    janeiro 30, 2013 12:40 am

    Que palavra abençoada!!
    Obrigada por compartilhar.
    Débora.

  3. Fernanda permalink
    janeiro 31, 2013 9:24 am

    Como sempre Nana muito encorajador seu post! Obrigada! Deus abencoe ricamente este ministerio! x
    Fernanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: