Skip to content

Pizzada em casa – faça tudo, inclusive a massa!

fevereiro 27, 2015

Oi pessoal!! Há algumas semanas, reunimos alguns casais de amigos para fazer uma pizzada. A diferença é que fizemos tudo, desde a massa até as coberturas. Foi muito legal, muito mesmo! Aliás, nós formamos uma confraria, que é aquele grupo de pessoas que se reúnem periodicamente para comer e/ou beber, já ouviram falar? No nosso caso, é pra comer e cozinhar, haha, já que todos gostamos muito dessas duas atividades. Aquele almoço natalino que fizemos, e que postei fotos e todas as receitas aqui no final do ano passado, foi a inauguração da confraria, e combinei com os integrantes que todas as receitas e encontros que fizermos serão devidamente divulgados aqui no blog, assim a gente compartilha e quem sabe até não inspira algum evento seu?!

Para a pizzada, a única coisa que tínhamos certeza é de que queríamos todos aprender a fazer a massa. Uma amiga conseguiu uma receita de um livro italiano de pizza, e junto com a versão de massa do sogro, ela e o marido criaram uma receita meio própria, haha, que deu muito certo! Confiram:

MASSA DE PIZZA – RENDE CINCO DISCOS GRANDES (8 fatias)

1kg de farinha especial puríssima (Renata ou Dona Benta), peneirada + 2 envelopes de 10g de melhorador de farinha para pizza (acha facinho em supermercado, pode acreditar!);

Aquecer numa panela pequena: 2 copos de água, 2 colheres de chá de sal, 2 colheres de café de açúcar, 6 colheres de chá de azeite extravirgem, 2 envelopes de 10g de fermento biológico em pó. Mexer bem para dissolver o fermento, a mistura não deve ferver, no máximo ficar morna/quente (é rápido!);

Adicionar a mistura na farinha, despejando a água aos poucos;

Sovar a massa até ficar macia e desgrudar das mãos;

Fazer um rolo com a massa e cortar em 5 partes iguais;

Deixar a massa descansar por 1 hora (coberta);

Abrir cada parte da massa em um disco de pizza e levar para pré-assar (tirar o aspecto de crua, mas sem assar demais!! Em forno a lenha, 5 minutos são suficientes).

1

2

3

A parte da massa foi responsabilidade masculina, a gente aparecia na cozinha só para tirar umas fotos e ver o andamento (normal né, aquela supervisionada quando tem homem na cozinha haha). Ficou muito boa!! Fizemos o encontro na casa dos meus sogros e eles tem forno a lenha, então assamos as massas do jeito mais pizzaria possível e o resultado foi fantástico! Mas, se você não tiver, não tem nenhuuuum problema, faça no forno a gás, os autores da receita fizeram antes para testar e também deu certo!

Bom, depois da massa, é importante pensar no molho. Optamos pela receita mais fácil possível e, na minha opinião, a melhor para pizzas. Basta pegar uns oito tomates italianos bem maduros, tirar as sementes, e batê-los no liquidificador com um (ou dois se você for guerreira) dente de alho, sal, orégano e manjericão a gosto! Prontinho! Sem panela, sem fogão, fica uma delícia para forrar a pizza para receber as coberturas. Mais fácil impossível!

Quanto aos sabores das pizzas, éramos em oito (seis da confraria e meus sogros), então decidimos fazer 5 pizzas salgadas e 2 doces. Sim, é uma quantidade incrível. Sim, sobrou. Sim, saímos rolando! Hahaha… mas estávamos empolgados, perdemos a cabeça e tal, acontece. Os sabores escolhidos foram:

Salgadas:

Queijo brie com parma : molho de tomate, queijo muçarela, queijo brie, e fatias de presunto de parma. Importante: deixe para colocar o parma nos últimos instantes da pizza no forno, senão ele fica esquisito e compromete o sabor da pizza. 4

Shitake: inovadora, mas o lance da confraria é inovar! Dar uma refogada no shitake com manteiga, limão e temperinhos. Depois: molho de tomate, queijo muçarela, shitake. Orégano só depois que a pizza sai do forno! Aprendi na confraria! hehe

5

Caprese: aquela bonita, que a Bráz inventou e hoje em dia o mundo todo copia. Molho de tomate, queijo muçarela, rodelas de tomate com muçarela de búfala, pesto de azeitonas pretas (compramos pronto, o da La Pastina e o da La Violetera são top) e uma folha grande e bonita de manjericão. Atenção! A bolinha de tomate, búfala, pesto e manjericão só são colocadas na pizza depois que ela sai do forno também. Caso contrário, o manjericão definha, fica horroroso.

6

Camarão com catupiry (eu sei, eu sei, eu também nunca tinha ouvido falar, mas confraria é um lance democrático, a colega pediu e tal… hahahahah): Molho de tomate, catupiry, camarões refogados, mais catupiry! Quem gosta de camarão amou a pizza.

7

Alho poró com palmito e peito de peru: Molho de tomate, queijo muçarela, um vidro de palmito picado, um alho poró refogadinho rapidinho no azeite, peito de peru picadinho e um toque de catupiry.

8

Doces:

Tenho algo a falar sobre as doces. Eu acabei “assumindo” essa parte, não apitei muito nas salgadas já que meu sangue é 90% glicose hehehe. Já tínhamos decidido que uma das pizzas seria de brigadeiro, e se você ainda não provou a de brigadeiro com MM´s da Pizza Hut, PRECISAAAA provar, é a melhor do cosmos, coisa de louco mesmo (mas devo avisar que você tem que ser resistente a doces intensos hahaha). Então me inspirei nela. Para a outra, eu tinha na minha cabeça brigadeiro branco com morangos, mas na véspera do nosso encontro, fiquei navegando pela internet para tentar descobrir um jeito de dar um “raio gourmetizador” nessa pizza, e foi aí que descobri a pizza doce mais premiada de São Paulo, da Dona Veridiana, que consiste em nada mais, nada menos que chocolate branco Lindt, queijo brie, e frutas vermelhas. Ploft. Um escândalo de boa.

Fizemos a nossa versão das duas:

– Brigadeiro com MM´s – para uma pizza grande, 01 lata de leite condensado é suficiente, fiz um brigadeiro mole acrescido de um pouquinho de leite para que ele ficasse bem espalhável, cobri com muitos MM´s e forno! Delícia, o MM deixa a pizza crocante, aiai… mas é bom avisar, ela é BEM doce. Não vou citar nomes, mas um dos membros da confraria teve que correr para beber muita água depois, não aguentou… mas acho que foi mais por causa dos cinco pedaços anteriores do que por causa dela! hehehe

9

– Chocolate branco, frutas vermelhas e queijo brie – Primeiro o “molho”: fiz uma calda com duas bandejas de morango, meia bandeja de framboesas congeladas (use a fresca se quiser, optei pela congelada porque já tinha em casa) e duas xícaras de chá de açúcar. Fogo baixo, mexendo sempre, até dar uma reduzida e chegar numa consistência que não é a de geleia, é mais rala e líquida. Colocamos toda a calda na pizza, cobrimos com dois tabletes de chocolate branco (Galak mesmo tá pessoal, Lindt não rolou dessa vez rsrs), pedaços pequenos de queijo brie (ele é importante, além de dar um toque gourmet também quebra um pouco o doce do chocolate branco… fora que queijo brie com frutas vermelhas tem TUUUDO A VER, não deixe de colocar não!), e finalizamos com algumas frutas frescas que separei antes de fazer a calda. Forno, pronto! Delícia… delícia mesmo. Mesmo sendo brigadeiroholic devo admitir que deu de 10 na outra.

10

E aí, gostaram? Nós aproveitamos muito. O encontro começou às 17h e foi até a meia-noite. Somos três famílias com filhos pequenos, então teve pausa para banho, pausa para papinha, para jantar, para amamentar, para colocar para dormir, para separar a disputa pelo mesmo brinquedo, para brincar de abrir massa de pizza com as meninas (elas montaram a pizza delas, foi tããão fofo!), então rolou naquela dinâmica gostosa que só quem está ou já esteve na mesma fase entende. Preferimos assim!

Isso tudo foi no final de janeiro e, acredite, desde então não como pizza. Haha… não só porque comi DEMAIS naquele dia, mas porque tem aquele lance metidinho de que, uma vez que você sabe fazer, você fica mais exigente, não come qualquer pizza e tal… hahahah brincadeira! Na verdade acho que foi mais por falta de oportunidade mesmo. Já estamos ansiosos pelo próximo encontro da confraria, que será um almoço francês no final de março. Temos o cardápio definido, aguardem que assim que o evento passar eu venho contar como foi, apresentar o cardápio e compartilhar as receitas!

Beijos e bom final de semana!! Deu vontade?? Arrisque, faça a pizza e venha me contar como foi!

Naná

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: