Skip to content

Sobre a Naná

Quase todo mundo me conhece por Naná, e se choca ao ouvir que meu nome é Ana Márcia. Alguns insistem em falar que é Ana Maria, mas é Márcia, tem até acento pra não confundir! Mas confundem, ah como confundem.

Tenho 32 anos, sou enfermeira por formação e professora universitária como profissão, adoro dar aulas e adoro ser aluna. Em abril de 2011 tive a alegria de concluir o meu Doutorado em Ciências, pela Universidade de São Paulo… e em agosto de 2014 terminei meu pós-doutorado em Enfermagem Pediátrica, ainda na USP. Agora chega! rsrs, pelo menos por enquanto.

Moro no interior de São Paulo, mas já mudei bastante e talvez até mude de novo. Sou casada há seis anos e meu marido é o Luiz, engenheiro por formação e profissão, mas faz bicos em casa em todas as áreas, de encanador a sushi man. E faz tudo muito bem! Fico impressionada.

Em setembro de 2011, ganhamos um presente: a Ester, nossa primeira filha. Um tesouro realmente especial, que tem trazido muita alegria para a nossa família. E em julho de 2013, veio o João, um menininho muito risonho e fofo que completou nossa alegria. Estamos naquela fase meio maluca, super intensa, super gostosa, e eternamente gratos a Deus por presentes tão especiais, que nos divertem e enchem nossos dias de amor!!

Quando eu tinha uns 7 anos, escrevi e ilustrei meu primeiro livro: “O jegue contra a formiguinha esperta”.  Poderia ter sido um best-seller, mas a obra continua arquivada no acervo da família!! No entanto, o gosto por escrever, ler (e falar) me persegue desde então. A partir disso veio minha paixão por dar aula, escrever meus projetos de pesquisa, arriscar escrever uns textos de vez em quando… e a vontade de criar um blog destinado a mulheres como eu, praticamente normais, de mais idade ou menos que eu, que vivem no mesmo mundo que eu, enfrentam os mesmos problemas que eu, gostam das mesmas coisas que eu e desejam de todo o coração seguir, conhecer e servir o mesmo Deus que eu.

Creio que Jesus me resgatou da morte quando Ele mesmo morreu lá na cruz pagando o preço que eu deveria pagar… não por ser assassina segundo a lei, mas porque eu sou impaciente, orgulhosa, penso mal dos outros e tantas outras coisas que eu prefiro nem lembrar! Mas Deus me amou tanto que escolheu esquecer de tudo isso e me chamou pra ser filha dEle e viver LIVRE!!! Por isso agora me esforço para viver como Ele quer que eu viva, e na missão de divulgar o Seu amor por aí! O plano maior de Deus na minha vida é esse e, não importam as circunstâncias, estado civil ou coisa assim, decidi arregaçar as mangas e trabalhar pra isso… até o dia final.

One Comment

Trackbacks

  1. Feliz 2011! « Blog Coisa Nossa

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: